Sequestrado na fronteira é assassinado a tiros de fuzil e tem mão decepada

O  corpo de  Emílio Garcia que foi sequestrado nesta sexta-feira (05) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a sul-mato-grossense Ponta Porã, na fronteira entre Brasil e Paraguai foi encontrado na manhã deste sábado (6), com as mãos decepadas.

Familiares de Emílio reconheceram o corpo encontrado do lado brasileiro com várias marcas de tiros de fuzil e com a mão direita decepada, segundo o site Fronteira Seca News. Ao lado do corpo foi encontrado ainda um bilhete deixado pelos autores do crime, onde dizia “Justiceiros da Fronteira. Não roubar na fronteira. Isso é só o começo”.

Sequestrado na fronteira é assassinado a tiros de fuzil e tem mão decepada
MIDIAMAX