Quadrilha com seis pessoas auxiliava dupla morta pela PM após roubo de caminhão em MS

aminhoneiro sequestrado em Urânia (SP), foi mantido refém pelos bandidos das 22 horas de quarta-feira (8) até aproximadamente 13 horas de quinta-feira (9). Os criminosos tentaram fugir após ele acionar o ‘botão de pânico’ da carreta, mas acabaram morrendo em confronto com policiais militares.

Conforme as informações da 4ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), um dos bandidos foi identificado e tem 43 anos, já o outro não portava documentos. O caminhoneiro contou que foi sequestrado no município do interior de São Paulo, por um grupo de aproximadamente 8 homens.

Dois dos bandidos mantinham a vítima refém no caminhão, dirigindo, enquanto os outros escoltavam o veículo em camionetes, como batedores. O motorista apertou o ‘botão de pânico’ do caminhão, que acionou a empresa de monitoramento. Assim, Polícia Militar foi acionada pelo 190.

Os militares interceptaram o caminhão logo após um pedágio, no trecho entre Chapadão do Sul e Costa Rica, na MS-306. Os bandidos desceram e fugiram para uma área de matagal, onde acabaram atirando contra os policiais militares, que revidaram. Atingidos pelos disparos, os homens foram encaminhados ao hospital, mas não resistiram.

Com os suspeitos foram apreendidas duas armas, uma arma longa e um revólver. MIDIAMAX