Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira-DEFRON, efetua a prisão do “casal do tráfico”, em Navirai

Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira-DEFRON, efetua a prisão do “casal do tráfico”, em Navirai, e apreende em imóvel residencial 676 quilogramas de maconha.

Investigações em curso na DEFRON apontavam que um casal residente em Navirai seria responsável pela venda em grande quantidades de maconha, principalmente para compradores oriundos do Paraná.
Assim, após diligências diversas a DEFRON identificou que o indivíduo do sexo masculino possuía mandado de prisão em aberto pela prática de tráfico de drogas, e por isso nas negociações quase sempre utilizava a sua esposa para tratar com os compradores sobre a venda dos entorpecentes.
Também, apurou-se que para não atrair a atenção das forças policiais o casal sempre vendia acima de 200 quilos de maconha ou skunk é frequentemente trocava o imóvel onde eram armazenadas as substâncias ilícitas.
Por volta das 13:00 horas desta segunda-feira a DEFRON identificou o imóvel atualmente utilizado pelo casal para armazenar as drogas, localizado no Bairro Jardim Paraíso, e ao monitorar o local identificou os dois lá chegarem em um automóvel VW Fox na cor branca, momento em que foi realizada a abordagem.
Prontamente eles confessaram que armazenavam maconha no imóvel alugado há cerca de 10 dias como específico fim de servir à traficância.
Realizada incursão ao local, a DEFRON identificou 676 quilogramas de maconha armazenados dentro de um banheiro.
O casal, que está junto a aproximadamente 09 anos, foi preso em flagrante pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico.