PJC.Polícia investiga relação de assassinato de proprietário de oficina mecânica com homicídio de contador

A polícia vai investigar se há relação entre o assassinato do proprietário de oficina mecânica Raul Fabian Rodas Cabañas, de 38 anos,ocorrido no início da tarde deste sábado (29) com a morte do contador Eduardo Gomez Arnold, de 40 anos, morto também a tiros de calibre 9 mm, em dezembro de 2020. Eduardo seria cunhado de Raul e pode ter sido morto, à época, por engano, no lugar do mecânico.

A dupla que estava em uma motocicleta, suspeita de assassinar Raul pode ter fugido para o lado brasileiro ou em direção à zona industrial, segundo o delegado-chefe de prevenção de Amambay.

Conforme o site ABC Color, Raul estava na companhia de outra pessoa quando foi atingido e morto, mas até agora não se sabe se era um cliente ou outro conhecido. Os dois homens na motocicleta chegaram na oficina quando Raul estava na frente, e efetuaram os disparos.

Já o contador foi morto na noite de 27 de dezembro de 2020 enquanto tomava bebidas como amigos e familiares em frente à casa de sua irmã. Devido a Eduardo não ter antecedentes criminais, a suspeita era de que ele tinha sido morto por engano.

Agentes da Polícia Nacional Paraguaia recolheram cápsulas de calibre 9 mm no local, mesmo modelo utilizado para assassinar Raul. MIDIAMAX