PJC.Expulso esloveno detido na Operação Belia

Depois das batidas do Ministério Público e do Senabico ontem no PJC, um esloveno com um documento brasileiro falso foi encontrado numa das propriedades do suposto traficante de drogas Miguel Servín. Segundo o procurador Celso Morales, ele será expulso esta manhã.

No programa El Radar, Morales explicou que em uma das propriedades do bairro Jardín Aurora foi encontrado alguém que se chama Alan Dos Santos Ângelo . No entanto, eles perceberam que não há entrada no país. Portanto, às 9 da manhã será entregue às autoridades do país vizinho.

“Ele tinha carteira de identidade brasileira, documento com conteúdo falso. Ele está usando para circular. Ele está sendo mal utilizado e vamos colocá-lo à disposição das autoridades brasileiras. Aparentemente é esloveno. Em nas primeiras horas da manhã a expulsão ocorreria “, disse ele.

O promotor explicou que o detido tem aproximadamente 30 anos e falava bem o português.

Vale lembrar que no seguimento da Operativa Belia, o Ministério Público transferiu cerca de 14 imóveis de Servín para o Senabico para sua posterior administração. Uma vez que teriam sido adquiridos com dinheiro do tráfico de drogas.

Morales mencionou que quando houver decisão final contra o réu, os bens poderão ser levados a leilão.