Nelson Ormai,Dono de transportadora de Dourados é preso em Operação que investiga tráfico de cocaína

Nelson Ormai, dono de uma transportadora em Dourados, foi preso nas investigações da Operação Geminus. Conforme apurado pelo Dourados News, ele estaria em uma fazenda no momento da prisão.  

Os desdobramentos da Operação na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul, acontecem nesta manhã (07). Na casa de Nelson, situada no Jardim Mônaco, a Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 60 mil e a suspeita é que se tenha mais dinheiro no imóvel. Como mostrado anteriormente pela reportagem, equipes também estão em um escritório de contabilidade situado na rua João Rosa Góes. 

A mulher de Nelson Ormai, que não teve o nome divulgado até o momento, também é suspeita de participação em atos ilícitos.  

O agronegócio e outras atividades econômicas formais eram usados de “fachada” para ocultar os lucros do tráfico internacional de drogas, principalmente de cocaína.

O entorpecente era carregado em Mato Grosso do Sul e seguia para a cidade gaúcha, de onde era distribuído para traficantes locais do Rio Grande do Sul, principalmente das regiões de Porto Alegre e Vale dos Sinos. 

Durante as investigações, iniciadas em agosto de 2019, a Polícia Federal apurou que a organização criminosa movimentou 5 toneladas de cocaína em um ano.

Ao todo, são cumpridos11 mandados de prisão preventiva e 29 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. 

Também são executadas ordens judiciais para o sequestro de 52 imóveis e de 70 veículos, entre automóveis, jet skis, caminhões, carretas e tratores, e o bloqueio de valores em contas bancárias de 33 pessoas físicas e jurídicas envolvidas. Os bens a serem sequestrados estão estimados em R$ 50 milhões. DOURADOS NEWS