Mato Grosso do Sul é o Estado que mais apreende drogas no Brasil

De janeiro a setembro o volume de apreensões, 590 toneladas, dobrou em comparação ao ano anterior

Mato Grosso do Sul continua sendo o Estado recordista em apreensões de drogas no ano de 2020. De acordo com o Ministério da Justiça, das 808 toneladas de entorpecentes apreendidas pelas Forças Estaduais no primeiro semestre em todo o país, 39% (o equivalente a 316 toneladas) são de Mato Grosso do Sul, seguido pelos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Fonte: Sejusp/MS.

Somente de janeiro a setembro de 2020 foram tiradas de circulação mais de 590 toneladas de drogas, o que representa um aumento de 102% com relação ao mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas pouco mais de 292 toneladas de entorpecentes. Deste total, a grande maioria é de maconha (97%) apreendida no interior do Estado (64%).

Para o secretário de Justiça e Segurança Pública de MS, Antônio Carlos Videira, o bom desempenho das forças policiais do estado reflete nacionalmente no combate ao tráfico de drogas: “Fechamos setembro com quase 600 toneladas de drogas, hoje mais da metade de todo o trabalho que a Polícia Civil e a Perícia Criminal de Mato Grosso do Sul faz é de procedimentos envolvendo o tráfico de entorpecentes, resultado de um trabalho integrado e coordenado das forças de segurança estaduais, que prestam um serviço não apenas para o estado, mas para todo o país”, avalia.

Cigarros

 O volume de apreensões de cigarros no Estado também teve um aumento expressivo (de 97,82%) em 2020. De janeiro a setembro foram apreendidos 1.067.543 pacotes de cigarros, enquanto o volume relativo ao mesmo período do ano passado foi de 539.644 pacotes. Deste total, 70% das apreensões foram feitas pelo Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

Para o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva, as grandes apreensões registradas este ano se devem ao aprimoramento dos trabalhos de inteligência, bem como ao devotamento, comprometimento e expertise dos policiais do Departamento, combinados com uma política estadual forte de enfrentamento à criminalidade na fronteira.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – Sejusp MS

Fotos: Divulgação

Fonte: Assessoria Governo do MS