Em Ponta Porã, gestante tem parte dos cabelos arrancados e é agredida com joelhadas pelo ex-marido

Além das agressões, suspeito ainda furtou o celular da vítima. 

Uma mulher de 32 anos, grávida, no sexto mês de gestação, teve parte dos cabelos arrancados e foi agredida com joelhadas na cabeça pelo ex-marido, de quem já recebeu até ameaça de morte. As agressões ocorreram neste sábado (21) à noite, em Ponta Porã.
Segundo o registro da Polícia Civil, a vítima foi casada com o suspeito por 1 ano e há cerca de 2 meses eles estão separados. Atualmente ela mora da casa uma amiga.
A vítima, de acordo com informações da polícia, voltava do mercado quando foi abordada pelo ex-marido. Ele estava de carro e parou o veículo próximo à calçada. Desceu e a puxou pelos cabelos, a empurrando para dentro do automóvel. A violência foi tanta que ele arrancou uma parte dos cabelos dela.
Conforme o registro da ocorrência, o suspeito levou a ex-mulher para a casa dele e no local começou a agredi-la com joelhadas na cabeça.

A vítima relatou que para se defender deu uma mordida no braço do agressor e o arranhou no pescoço. Desse modo conseguiu fugir das agressões e chegou até sua casa, onde acionou a Polícia Militar.
Além das agressões, ela diz que o ex ainda furtou seu celular.
O suspeito foi preso em flagrante em sua casa, manuseando o celular da vítima.
Com lesões no braço, na cabeça e nas pernas a vítima disse que tem interesse em medida protetiva urgente contra o agressor, já que ele a ameaçou de morte.
O suspeito foi indiciado e vai responder por lesão corporal dolosa, ameaça e ainda furto.