Corpo de mulher é encontrado em cova rasa em Ponta Porã

Peritos da Policia Civil de Ponta Porã e médicos legistas devem submeter os restos mortais encontrados em uma cova rasa em uma residência na rua Carmelo Puléo no Jardim Primor, para saber se trata-se de Filipa Moreno Ojeda que está desaparecida há vários meses.


Depois de uma denúncia anônima que chegou para a Guarda Civil de Fronteira e para a Delegacia de Atendimento à Mulher de Ponta Porã, policiais e agentes da Guarda foram até o local, onde o corpo foi encontrado.
A residência seria do ex-companheiro de Felipa, que está foragido e é o principal suspeito do desaparecimento da mulher. Na época do sumiço da jovem, ele chegou a ser ouvido e liberado.
Ainda hoje a delegada da DAM de Ponta Porã deverá dar detalhes do encontro do cadáver e do andamento das investigações.

Ex- Marido Emiliano Edulfo Lopes Fernandea é o principal suspeito, mentiu em depoimento, foi frio e hoje é Procurado no Brasil e no Paraguai.