Caminhoneiro desaparece após carregar carga de soja na fronteira

A funcionária de uma empresa em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, procurou a delegacia depois do caminhoneiro, de 54 anos, contratado para fazer um frete desapareceu. Ele está sumido há oito dias.

Segundo o relato da mulher, o caminhoneiro foi contratado para fazer um frete carregando uma carga de 35 toneladas de soja para a zona portuária de Rio Grande, ele carregou a soja em uma fazenda e seguiu viagem.

A última vez com que falaram com o motorista foi no dia 25 de janeiro. Depois desse dia, ele não responde e não atende as ligações. O carregamento era de uma cooperativa da cidade. O caminhoneiro não chegou ao seu destino, e o caso foi registrado como desaparecimento de pessoa. midiamax