Policiales

Policiais paraguaios são presos por extorquir líder do PCC na fronteira

Quatro policiais paraguaios foram presos hoje (11) na fronteira com o Mato Grosso do Sul acusados de extorquir familiares do bandido brasileiro Thiago Ximenes, o “Matrix”, apontado como um dos principais líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) na Linha Internacional.

Matrix foi preso sexta-feira por equipes da Fope, um grupo de elite da Polícia Nacional, após passar três dias escondido no mato. A identidade dos policiais presos ainda é mantida em sigilo.

O bandido estava desidratado e mesmo armado com uma pistola 9 milímetros não esboçou reação. O parceiro dele, Reinaldo de Araújo, foi morto em confronto com policiais, na terça-feira de Carnaval.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba