Fronteira

PARANHOS. PARAGUAIO EXECUTADO COM 37 TIROS SERIA QUEIMA DE ARQUIVO.

Homem executado após sair de delegacia tinha envolvimento com atentado
As investigações apontam ligações de Jomar com o pistoleiro Gabriel Queiroz, 26 anos, que recebeu R$ 20 mil para executar o prefeito
O paraguaio Jomar Lemes, 47 anos, executado com vários tiros de pistola calibre 9 milímetros ao sair da delegacia de Polícia Civil, na tarde de ontem (17), tinha envolvimento com o atentado contra o prefeito Dirceu Bettoni (PSDB), ferido a tiros na quinta-feira (14), em Paranhos, distante 469 quilômetros de Campo Grande

Jomar havia acabado de prestar depoimento e voltava para a casa no fim da manhã de ontem (17), quando no cruzamento das ruas Sete de Setembro com a Alberto Ratier, foi abordado pelos atiradores em um veículo e atingido com vários tiros, principalmente na região da cabeça. No local do crime, foram recolhidas 37 capsulas de pistola 9 milímetros e oito de ponto 40. A vitima era natural do Paraguai, mas residia no Brasil.

Ao jornal A Gazeta News, o delegado Mikaill Alessandro Gouveia Faria, disse que as investigações apontam ligações de Jomar com o pistoleiro Gabriel Queiroz, 26 anos, que recebeu R$ 20 mil para executar o prefeito. O paraguaio teria intermediado o atentado.

Gabriel foi preso na noite de sábado (16) quando fugia para Campo Grande em companhia da esposa, DjulyPriscilla Couto, de 28 anos, também acusada de envolvimento no atentado contra Bettoni. O nome do mandante do crime não foi divulgado.

Segundo o delegado, antes de ser liberado da delegacia, Jomar teve o veículo e o celular apreendidos para serem submetidos à perícia. Ele, que só não foi preso porque tinha passado o flagrante, seria indiciado como coautor no inquérito que investiga o atentado contra o prefeito.

Atentado – Na noite da última quinta-feira (14), Dirceu chegava em casa na Rua Marechal Dutra, no Centro de Paranhos, quando foi surpreendido pelos atiradores. Os familiares da vítima escutaram ao menos seis tiros, sendo que três (de revólver calibre 38) atingiram o prefeito na cabeça, boca e abdômen. Ele foi socorrido para o hospital da cidade e depois transferido para unidade de saúde de Dourados, onde continua internado.
CGNEWS


(“A crise consiste no fato de que o velho está morrendo e o novo ainda não pode nascer”)
www.capitanbado.com
Anuncie. 06 MESES E PAGUE 04.
MSG AO +595 984 202944

Comentarios

Más popular

Hasta arriba