Internacionales

Moro autoriza vinda da Força Nacional para Coronel Sapucaia-MS

Governo fez pedido para atuação da corporação em Coronel Sapucaia

O ministro da Justiça e Segurança Pùblica. Sérgio Moro, atendeu as reivindicações do Governo de Mato Grosso do Sul e liberou nesta terça-feira (9), através do Diário Oficial da União, o uso da Força Nacional de Segurança no Estado.

O pedido foi feito no último dia 2 pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Carlos Videira, durante viagem a Brasília (DF), onde recebeu doações de R$ 1,5 milhão em armamentos e equipamentos da área por meio do Governo federal.

O Governo do Estado deverá usar o contigente da força federal em Coronel Sapucaia, cidade na fronteira com o Paraguai que vive crise na segurança pública.Em maio, o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Paschoal Carmello Leandro, ameaçou fechar o fórum da cidade em razão da violência.

O clima de tensão e medo na cidade é crescente e de uns tempos para cá a violência está ultrapassando os limites fazendo com que os moradores evitarem sair à noite. Em abril, uma agência bancaria foi explodida para ser assaltada. Os bandidos usaram até lança chama para poder roubar o dinheiro que estava no cofre. O bandos chegou a encurralar a polícia fazendo disparos contra a delegacia. 
    
Segundo a portaria publicada por Moro, a Força Nacional atuará por 180 dias na cidade fronteiriça. E o texto não revela quantos agentes serão empregaods no Estado.

«A operação terá o apoio logístico do órgão demandante, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública. O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O prazo do apoio prestado pela Força Nacional de Segurança Pública poderá ser prorrogado, se necessário», diz Moro em seu despacho.

Além de Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Paraná também foram contemplados.

FUNDO

Ainda na edição desta terça do DOU, Moro também ratificou o segundo maior repasse de verbas do Sistema Único de Segurança Pública para Mato Grosso do Sul. O valor beira os R$ 13 milhões, segundo divulgado pela Sejusp.

Somados, a verba cedida pela União totaliza R$ 247.873.342,00.  

Segundo o secretário Vidiera, os bons resultados obtidos pelas forças policiais locais e a proximidade das fronteiras garantiram ao Estado essa fatia, que representa 5,26% do montante, ficando atrás somente de São Paulo.

“Foi muito importante ter definido estes critérios, principalmente para os estados fronteiriços como Mato Grosso do Sul, que possui mais de 1.500 quilômetros de fronteira e que consequentemente causa um reflexo em todo país”, pontuou Videira durante a reunião.

. UF Percentuais
. Acre 2,87%
. Alagoas 2,81%
. Amapá 2,66%
. Amazonas 4,54%
. Bahia 3,89%
. Ceará 3,87%
. Distrito Federal 3,06%
. Espírito Santo 2,79%
. Goiás 4,57%
. Maranhão 2,88%
. Mato Grosso 4,23%
. Mato Grosso do Sul 5,24%
. Minas Gerais 3,37%
. Pará 3,05%
. Paraíba 2,04%
. Paraná 4,16%
. Pernambuco 4,24%
. Piauí 3,84%
. Rio de Janeiro 5,04%
. Rio Grande do Norte 3,13%
. Rio Grande do Sul 4,03%
. Rondônia 4,34%
. Roraima 4,32%
. Santa Catarina 2,00%
. São Paulo 6,66%
. Sergipe 4,26%
. Tocantins 2,11%

Más popular

Hasta arriba