Frontera

Polícia mata Charlinho do Lixão, um dos maiores líderes do CV

Charlinho foi morto durante uma operação da PM nesta terça-feira (26). Foto: Divulgação

Apontado como chefe do tráfico em várias favelas de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Charles Jackson Neres Batista, o Charlinho do Lixão, foi morto durante uma operação da PM nesta terça-feira (26).

Segundo informações, Charlinho não obedeceu a ordem de prisão e atirou contra os policiais, que revidaram e o atingiram.

Charlinho era apontado como uma das maiores lideranças da facção criminosa Comando Vermelho (CV) em liberdade. Na ação, foram apreendidos dois fuzis e três granadas. Quatro pessoas foram presas.

Filho de Charles Silva Batista, o Charles do Lixão, atualmente preso, Charlinho era apontado como seu sucessor no comando do tráfico.

Em 2017, Charlinho do Lixão foi indiciado pela morte do menino Arthur Cosme de Melo, atingido por uma bala perdida quando ainda estava no ventre da mãe. O tiro perfurou a região da bacia e atravessou o corpo do bebê, na altura dos pulmões. A mãe sobreviveu e Artur morreu após 30 dias internado. eurio.com.br/



Comentarios

Más popular

Hasta arriba