Frontera

GUERRA DE FACÇÕES CRIMINOSA CRUZA A FRONTEIRA E DEIXA UM MORTO E DOIS FERIDOS

Guerra entre facções criminosas na fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul resultou na morte de um e supostamente dois ferido a tiros de calibre 9mm e 5.56, após ataque a uma residência em Coronel Sapucaia e perseguição na cidade paraguaia de Capitán Bado.

O fato foi registrado na tarde de domingo (17) por volta das 17:00hs, após o ataque de pistoleiros a residência da vítima fatal Denilson Armoa na cidade de Coronel Sapucaia, onde os pistoleiros a bordo de um veiculo realizaram varios disparos de arma de fogo do calibre 9mm, posteriormente homens armados chegaram até a avenida internacional da cidade de Capitán Bado, onde se encontrava estacionada a caminhonete da marca Renault, Duster, placa HCC 068 Paraguay que ao ver os pistoleiros iniciou uma fuga cruzando a fronteira em direção a cidade de Coronel Sapucaia, onde houve uma intensa troca de tiros entre os ocupantes dos veículos, mas o condutor conseguiu fugir, segundo testemunhas, com o apoio de um indivíduo a bordo de uma motocicleta, informações indicam que o condutor do veiculo estaria ferido.

Varias capsulas de munição disparados de metralhadora do calibre 9mm e fuzil do calibre 5.56 entre os integrantes de facções criminosas que atuam nessa parte do país na fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, ficaram espalhados pelo chão nas proximidades do ataque ao veiculo Renault e em frente a residência da vítima fatal cujo corpo foi encaminhado ao IML de Coronel Sapucaia para posterior entrega aos familiares.

Policiais Militares e da Polícia Nacional do Paraguai imediatamente isolaram a área até a chegada dos investigadores da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica que após realizar os trabalhos de praxe e recolheram as evidências, encaminharam os corpos ao IML da cidade de Coronel Sapucaia para posterior entrega aos familiares.

A polícia acredita que a ação ocorrida na tarde de domingo seria uma vingança pela morte do jovem identificado como Carlos David Casco (24) executado a tiros em uma residência situado no bairro São Roque da cidade de Capitan Bado na madrugada de domingo, quando pistoleiros a bordo de uma motocicleta chegaram onde se encontrava a vítima e sem mediar palavras realizaram 15 disparos de pistola 9mm contra o mesmo que tentou fugir mas acabou perseguido e morto antes mesmo de receber atendimento médico. PORANEWS.

PUBLICIDADE.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba