Agronegocio

Soja é produto mais importante do Brasil e rende US$ 40 bilhões em exportações

Em 2018, setor foi responsável por 17% de todo o valor obtido em 2018 com as vendas ao exterior. Só a China comprou 86% do total de grãos de soja embarcados pelo país

Daniel Popov, de São Paulo
Há tempos se fala no Brasil que o ciclo atual é o da soja, assim como já tivemos do ouro e outros produtos. O grão que já o queridinho dos produtores rurais, devido a rentabilidade, também é fundamental para manter a balança comercial brasileira no azul. O setor responde atualmente por 17% do total de US$ 239,5 bilhões obtidos com exportações em 2018, ou seja, US$ 40,9 bilhões só com óleo, farelo e grãos da oleaginosa.

Os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), mostram que estes US$ 40 bilhões de 2018, representam um incremento de 29,6% do total vendido ao exterior em 2017 (US$ 31,603 bilhões).

Em quantidade, os números também são maiores que os previstos inicialmente por consultorias brasileiras, já que no acumulado de janeiro a dezembro somaram 102 milhões de toneladas, alta de 22% ante o ano anterior (83,5 milhões de toneladas). Só por curiosidade, o total embarcado em 2018 representa, nada mais nada menos, que quase 86% do que o país colheu de soja naquele ano (119,2 milhões de toneladas).

“A soja é o carro chefe das exportações e sabemos que ela puxa a balança comercial para o lado positivo. É importante continuar a produzir para manter o Brasil nos trilhos. Com esse novo governo a expectativa é grande, principalmente no que tange a ampliação e consolidação dos mercados”, afirma o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz.

Para ele, o novo governo só tem a agregar para o setor, que seguirá firme com o objetivo de produzir mais e melhor. “Lembrando que é a soja que desenvolve os estados, os municípios e o país. Por isso, mesmo com essa adversidade climática, tenho certeza que nosso setor seguirá crescendo com pesquisa e muito trabalho.

Grão

As exportações de soja em grão do Brasil renderam ao país US$ 33,2 bilhões em 2018, 29,2% a mais que os US$ 25,7 bilhões do ano anterior. A quantidade total exportada pelo país no período chegou a 83,3 milhões de toneladas de soja em grão, 23,1% a mais que os 68,1 milhões de toneladas de 2017.

Desta quantidade embarcada, aproximadamente 86% foram somente para os chineses, ou seja, 69,1 milhões de toneladas. Em 2017, a participação dos asiáticos era 78% e aumentou agora por conta do embate comercial entre China e Estados Unidos.

Óleo

Separando somente o óleo de soja, o Brasil exportou 1,3 milhão de toneladas em 2018, aumento de 9,7% se comparado aos 1,2 milhão de toneladas do ano anterior. Em faturamento, foram US$ 956,6 milhões, 4,8% acima dos US$ 912,9 milhões do ano anterior.

Farelo

De farelo de soja, o volume exportado em 2018 somou 16,8 milhões de toneladas, aumento de 19,2% ante os 14,1 milhões de toneladas do ano anterior. Em receita, o Brasil exportou US$ 6,7 bilhões no ano passado, incremento de 34,9% ante os US$ 4,9 bilhões do ano anterior.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil

O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba