Otros

Tecnologia 4.0 otimiza estufas

Para otimizar a produção processos vegetal tecnológica nas hortas, estudantes de mecatrônica e engenharia em sistemas de computadores e professores da Faculdade de Engenharia da Universidad del Valle de Puebla (UVP), no México, executaram um projeto hidropônico de cultivo em estufas com processos automatizados baseados na tecnologia 4.0. A tecnologia 4.0 é traduzida como a quarta revolução industrial que leva à digitalização do setor manufatureiro.

A partir desta tecnologia, eles desenvolveram uma estufa hidropônica que permite ao produtor cultivos bem-sucedidos e seguros, livres de agroquímicos e em pequenos espaços, graças ao controle automático de sua operação, baseado em sistemas de inteligência artificial capazes de controlar e regulam fatores como umidade, vazão de irrigação, temperatura, luminosidade, entre outros aspectos. De acordo com o coordenador do estudo, José Rodrigo Cuautle Parodi, a inovação tecnológica é a base da agricultura do futuro.

«No futuro teremos deficiências no fornecimento de alimentos, além do aumento da população será exponencial, isso sem deixar de considerar que o uso de agrotóxicos também representa um grande problema. Em seguida, haverá uma necessidade de crescimento no campo da produção e provavelmente não vai acontecer a par com as necessidades exigidas”, comenta.

Ele disse que, diante desse cenário, a UVP recebeu a tarefa de implementar um projeto que, baseado em uma visão multidisciplinar, representa uma opção de aprendizado para os estudantes e ao mesmo tempo gera uma opção viável e econômica para promover o cultivo em estufas. Para atingir seu objetivo, eles desenvolveram um software chamado «Greenhouse», com o qual controlam, a partir de um computador ou através de um celular com uma aplicação, qualquer informação gerada pelos sensores colocados dentro da estufa e que permitem monitorar as condições e necessidades das plantas. Fonte: Agrolink

Comentarios

Más popular

Hasta arriba