Otros

Polícia não descartada crime passional em caso de cabeleireiro morto a facadas

Polícia não descartada crime passional em caso de cabeleireiro morto a facadas

O delegado Rodolfo Daltro responsável pelas investigações do caso do cabeleireiro encontrado assassinado em Dourados, não descarta crime passional. A informação foi dada por ele em entrevista ao Dourados News na tarde desta terça-feira (14).

Heberson Júnior Cavalcante de Almeida foi encontrado morto na manhã de segunda-feira (13), em um conjunto de quitinetes em obra na rua Maipu, região do Jardim Carisma. Ele foi assassinado com duas facadas no pescoço. O veículo dele um Ford Fiesta, branco, sumiu.

Daltro afirmou que as investigações ainda não culminaram no paradeiro do veículo ou na definição do que de fato motivou o crime. Conforme mostrado pelo Dourados News havia a suspeita inicial de latrocínio .

Segundo ele, essa suspeita permanece, mas, há também a suspeita de crime passional.

Estão sendo realizadas oitivas e levantamento de câmeras de segurança próximas do local do crime que possam ajudar no esclarecimento do caso. O delegado afirmou que não poderia ceder muitas informações para não interferir nas investigações.

O jovem estava desaparecido desde a sexta-feira (10/8) depois de sair para jantar com amigos.A vítima é de Dourados, mas morava em Campo Grande.

De acordo com o apurado no local, o rapaz estava com as mãos e pés amarrados e um pano amarrado junto ao rosto.

Indícios colhidos pela polícia no local apontam que ele teria tentado se defender do agressor (es).

O delegado encarregado das investigações, descarta que o rapaz senha sido morto pelo chamado «Tribunal do Crime».

Más popular

Hasta arriba