Otros

Polícia descarta morte de criança em comemoração pró-Bolsonaro

A Polícia Civil do Paraná disse que «não há qualquer relação» da morte de um menino de 8 anos na noite do último domingo (29) em Ponta Grossa com qualquer comemoração de apoiadores de Jair Bolsonaro, eleito presidente da República pelo PSL. O crime aconteceu no bairro do Vilela. Segundo a assessoria da PC, a Polícia Militar atendeu o caso e encaminhou duas pessoas à delegacia.

Odaír Carvalho Camargo, padrinho da vítima, suspeito pelo tiro que vitimou seu afilhado, vai responder por homicídio. Já Denílson Aparecido Silva, pai da criança, terminou autuado por tráfico de drogas.

A arma usada no crime, uma pistola 380, não foi encontrada. O padrinho confessou o tiro acidental que atingiu o tórax do garoto, que morreu dentro da ambulância. Os dois estão à disposição da Justiça na 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.
Redação Bonde

Más popular

Hasta arriba