Otros

PCC: acusado de matar Gegê do Mangue e Paca é preso em Sergipe

Detido seria um dos passageiros a bordo do «voo da morte», que culminou na morte dos dois supostos líderes do PCC em Aquiraz, no Ceará

A Superintendência de Sergipe da Polícia Federal prendeu, neste domingo (7), um dos acusados de ter participado da morte dos supostos líderes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca.

A dupla foi encontrada morta a tiros na reserva indígena de Aquiraz, a 30 quilômetros de Fortaleza, no Ceará, em 15 de fevereiro do ano passado. As investigações apontam que Gegê e Paca foram levados para o local do crime em um helicóptero pilotado por Felipe Ramos Morais.

Além Gegê, Paca e Felipe, o suspeito preso hoje era outro passageiro do “voo da morte”, como ficou conhecido a viagem de Fortaleza à Aquiraz, para executar os dois supostos líderes do PCC.

O piloto do helicóptero, que foi capturado pela Polícia Federal em Caldas Novas (a cerca de 160 km de Goiânia), em 14 de maio do ano passado, e deu detalhes do voo em depoimento à PF, ainda no ano passado, detalhes do voo. Ele delatou sobre outras pessoas envolvidas no crime.

Seis meses depois do crime, o MP-CE (Ministério Público do Estado do Ceará) denunciou um total de nove homens e uma mulher suspeitos de terem participado do crime contra Gegê do Mangue e Paca.

Em janeiro deste ano, o pedido de Habeas Corpus feito pela defesa do acusado preso hoje havia sido negado pela Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge. R-7

Comentarios

Más popular

Hasta arriba