Otros

Neymar será julgado por ‘insultar’ árbitros e vê risco de levar 3 jogos de gancho

Neymar será julgado por ‘insultar’ árbitros e vê risco de levar 3 jogos de gancho

Nove dias depois de ter anunciado que havia aberto uma investigação contra Neymar por causa das críticas que o jogador fez à arbitragem após a derrota do Paris Saint-Germain para o Manchester United, por 3 a 1, no último dia 6, na capital francesa, a Uefa revelou nesta sexta-feira que o astro brasileiro foi enquadrado no item D do artigo 15 do regulamento disciplinar da entidade, que fala em “insultar” juízes e prevê suspensão de três partidas em caso de condenação em um julgamento.

O órgão que controla o futebol europeu também informou que a audiência na qual o atacante será julgado pelo seu Comitê Disciplinar ainda não teve a sua data marcada, o que deve ocorrer em breve. Afastado dos gramados por estar se recuperando de lesão, ele poderá receber uma punição por causa de uma atitude intempestiva fora dos gramados pouco após o jogo que selou a eliminação do PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

No último dia 6, Neymar estava acompanhando a partida entre o seu time e o Manchester United no estádio Parque dos Príncipes e se revoltou com os árbitros pela marcação de um pênalti favorável ao time inglês nos acréscimos do segundo tempo. Ele usou as suas redes sociais e chegou a fazer um xingamento no fim de uma mensagem que ele publicou pouco depois da queda do clube francês no torneio continental.

“Isso é uma vergonha! Ainda colocam 4 caras que não entendem de futebol pra ficar olhando lance em câmera lenta… Isso não existe! Como o cara vai colocar a mão de costas? Ah vá pá pqp”, publicou Neymar, por meio de sua página na rede social Instagram, inconformado com a decisão da arbitragem que permitiu ao United marcar o gol de pênalti que despachou o rival do torneio.

Naquele lance que motivou a marcação da penalidade decisiva para o time de Manchester, Dalot deu um chute despretensioso e Kimpembe, do PSG, saltou para cortar a bola e colocou o braço nela, mas ele estava de costas na jogada. O árbitro não marcou a penalidade em um primeiro momento, mas depois foi alertado pelo VAR (arbitragem de vídeo) sobre o toque no braço, reviu a jogada e assinalou pênalti. Rashford foi para a cobrança e se tornou o herói da classificação da equipe inglesa, que no duelo de ida do mata-mata, na Inglaterra, havia sido derrotada por 2 a 0.

Quando abriu o processo contra Neymar, a Uefa havia informado que o caso do brasileiro poderia ser julgado no dia 28 de março, em data prevista para que outros jogadores envolvidos com problemas disciplinares também tenham as suas situações analisadas pela entidade. Porém, o órgão ainda não confirmou o dia do julgamento do brasileiro.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba