Otros

Mulher admite traição e diz que pagou para mandar matar marido porque ‘era agressivo’

Mulher admite traição e diz que pagou para mandar matar marido porque ‘era agressivo’

Empresário foi atingido com três tiros
Mulher admite traição e diz que pagou para mandar matar marido porque ‘era agressivo’

A esposa do empresário José Pereira Barreto, de 38 anos, conhecido como ‘Zezinho da Eucatur’ disse em depoimento depois de sua prisão, na noite desta quarta-feira (13), que mandou matar o marido porque ele seria ‘agressivo’. José foi levado em estado grave para o Hospital do Coração, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande – depois de ser ferido com três tiros em uma emboscada.

O delegado Rodolfo Daltro contou que a mulher disse em depoimento que era ameaçada de morte pelo marido, que seria muito agressivo, e por isso, o crime teria sido planejado por ela. Um funcionário do empresário também foi preso, nesta quarta (13), por envolvimento no crime.

O funcionário de José seria o amante da mulher do empresário. Duas armas de uso restrito foram apreendidas na residência de José, além de uma mala de dinheiro. Ainda não se sabe o valor total que havia na mala. Dentro do carro do empresário foram encontrados em torno de R$ 63 mil.

José Pereira seguia em uma caminhonete S10 quando foi abordado pelos suspeitos no cruzamento das ruas Cuiabá e Mato Grosso, no Centro da cidade. O veículo foi atingido por vários tiros.

Baleado duas vezes no tórax, José perdeu o controle da direção da S-10 e bateu em um Ford-Ka que estava na via. O empresário foi socorrido por equipe do Corpo de Bombeiros e levado em estado grave para o Hospital Evangélico. Os atiradores fugiram.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba