Otros

Mangkhut enfraquece após deixar mortos nas Filipinas e segue para a China

Mangkhut enfraquece após deixar mortos nas Filipinas e segue para a China

Duas mulheres morreram em deslizamento de terra. Tempestade diminuiu sua velocidade e se desloca a 25 km/h em direção ao sul da China.
Por G1

O tufão Mangkhut, o mais poderoso que atingiu as Filipinas nos últimos cinco anos, enfraqueceu ligeiramente depois de passar pelo norte do país com ventos de 170 km/h e rajadas de até 260 km/h. Em sua passagem pelo arquipélago, o Mangkhut deixou 12 mortos.

Segundo o conselheiro presidencial Francis Tolentino, o balanço de mortos inclui um bebê e uma criança. A maioria das mortes foi causada por deslizamentos de terra e destruição de casas pelas fortes chuvas e ventos. Tolentino também disse que há relatos de outras mortes ainda não verificados e que o balanço pode subir.

Às 10h locais (hora local; 23h de sexta, pelo horário em Brasília), o olho do tufão encontrava-se a 30 km do litoral noroeste das Filipinas, de onde deve sair na tarde deste sábado (15), de acordo com o último boletim da agência de serviços meteorológicos do país, Pagasa.

A tempestade diminuiu sua velocidade e se desloca a 25 km/h em direção ao sul da China.

Com categoria 5, Mangkhut entrou no território filipino à 1h40 de sábado (pelo horário local; 14h40 de sexta-feira, 14, em Brasília) e chegou a rajadas de vento de até 305 km/h em sua passagem pelo norte da ilha de Luzon, no extremo norte das Filipinas.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba