Otros

Integrante do PCC procura polícia depois de saber que sua execução estava marcada pela cunhada

Integrante do PCC procura polícia depois de saber que sua execução estava marcada pela cunhada

Cunhada está presa por tráfico e homicídio

Parece inusitado, mas um rapaz de 22 anos se dizendo integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) procurou a delegacia de polícia, na manhã desta quarta-feira (20) para denunciar a cunhada, que também é integrante do PCC depois de fazer ameaças.

Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz contou que está recebendo ameaças pelo WhatsApp de sua cunhada, que está presa por tráfico de drogas e homicídio, devido a uma desavença entre eles. O homem ainda contou que o caso foi levado a integrantes de um nível superior dentro da facção para que o problema fosse resolvido.

Foi feita, então, uma ‘radiação’ como é chamada a videoconferência pelos membros, onde segundo o rapaz tudo tinha se resolvido. Mas, na noite desta terça-feira (19), a cunhada voltou a fazer ameaças, “A sua cabeça já está no topo, é questão de tempo”. As ameaças foram feitas por mensagens do WhatsApp.

Ele procurou novamente os ‘confrades’ da facção falando sobre o ocorrido e teria sido informado de que a sua execução já teria sido marcada pelo PCC.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba