Otros

Homem é morto a facada e acusada alega defesa contra estupro

Roberlei Silva Fernandes, 42, foi morto com facada no peito na tarde de ontem (3) em Dourados. O crime aconteceu na aldeia Bororó, e segundo a autora, o golpe foi desferido em defesa pessoal devido a tentativa do homem em estuprá-la. 

Eles já tiveram um relacionamento de dois anos, e há cerca desse mesmo período estão separados. Ontem, por volta das 12h, Brígida, 38, estava na casa da prima consumindo bebida alcoólica, quando Roberlei chegou. Eles continuaram bebendo juntos até que o ex-marido teria avançado em Brígida.

Ela relata que ele tentou agarrá-la, no intuito de ter relações sexuais, mas ela não queria. Insistente, a mulher pegou uma faca para se defender e quando Roberlei novamente tentou abusá-la, ela desferiu o golpe atingindo o peito do indígena. 

Embriagada, ela permaneceu no local e foi contida por populares e lideranças indígenas. A Polícia Civil foi acionada e a mulher autuada em flagrante por homicídio simples. À polícia, ela contou estar arrependida e que a facada não tinha propósito de matar o ex-marido, mas sim defendê-la.

O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Dourados.

Más popular

Hasta arriba