Otros

Dono de boate de prostituição é preso por manter garotas em cárcere que não ‘davam lucros’

Dono de boate de prostituição é preso por manter garotas em cárcere que não ‘davam lucros’

Três mulheres foram resgatadas
Dono de boate de prostituição é preso por manter garotas em cárcere que não ‘davam lucros’

O dono de uma casa de prostituição foi preso nesta segunda-feira (21), depois que três mulheres tentaram fugir da boate, em Brasilândia – a 399 quilômetros de Campo Grande. As mulheres tentavam voltar para o Paraguai, mas eram mantidas presas no local.

Quando as três mulheres fugiram, o homem foi atrás delas pegando dinheiro, celulares e a bagagem de uma das vítimas. Os policiais foram até o local e encontraram cadernos com anotações sobre os programas feitos pelas garotas, e dívidas de consumo feito pelas mulheres.

As mulheres resgatadas prestaram depoimento e foram encaminhadas de volta ao Paraguai. Ainda na casa, a polícia encontrou comprovantes de pagamentos feitos em casa de câmbio, para paraguaios, o que leva a polícia a crer que havia tráfico internacional de mulheres, segundo o site JP News.

O homem disse que tentou impedir a saída das mulheres da boate porque elas não teriam dado ‘lucro’ para ele, que precisava compensar o valor da hospedagem, passagem e alimentação das garotas.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba