Otros

Dólar segue em queda e a libra é o destaque no cenário externo

O dólar comercial opera no negativo nesta sexta-feira, em dia sem notícias relevantes para o cenário doméstico. No cenário externo, mais precisamente no Reino Unido, as moedas estão valorizadas com a visita do presidente Donald Trump e seus discursos.

Há pouco, no interbancário, a moeda segue cotada a R$3,865 para a compra e R$3,867 para a venda, queda de 0,44%.

MetaTrader 300×250
O dólar turismo segue cotado a R$3,710 para a compra e R$4,020 para a venda, queda de 0,49%.

O euro segue em R$4,508 para a compra e R$4,511 para a venda, queda de 0,45%.

A libra segue em R$5,108 para a compra e R$5,111 para a venda, queda de 0,32%.

Cenário externo

Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento do dólar com mais seis moedas, segue estável a 94,82.

A libra segue pressionada pelas incertezas do plano da primeira-ministra Theresa May sobre o Brexit, o chamado Livro Branco. Há pouco, nas negociações na Nyse, a moeda estava em alta de 0,03% aos US$1.3211.

De outro lado, as críticas do presidente Donald Trump ao programa eleborado por May para a saída da União Europeia.

Em uma entrevista ao jornal britânico “The Sun” , Trump disse que May ignorou seu conselho sobre como conduzir as negociações do Brexit.

“Eu teria feito muito diferente”, disse Trump ao The Sun. “Eu realmente disse a Theresa May como fazer isso, mas ela não concordou, ela não me deu ouvidos. . . . Eu acho que o que está acontecendo é muito infeliz. ”

Trump disse que um Brexit “suave”, apoiado por May, no qual o Reino Unido e a União Europeia manteriam alguns laços depois da saída do Reino Unido, “afetaria definitivamente o comércio com os Estados Unidos, infelizmente de forma negativa”.

“Se eles fizerem um acordo como esse, estaríamos negociando com a União Europeia, em vez de lidar com o Reino Unido, então isso provavelmente acabará com o acordo”.

Os indicadores dos Estados Unidos e da China, com as balanças comerciais, bem como o relatório semestral do Federal Reserve, também estão no radar do mercado cambial.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba