Otros

Com sangue quente, Ratinho bateu o telefone na cara de Silvio Santos e ignorou o SBT

Com sangue quente, Ratinho bateu o telefone na cara de Silvio Santos e ignorou o SBT

Que o apresentador Ratinho tem o sangue quente ninguém duvida, no entanto, uma atitude sua no passado acaba de vir à tona e surpreender a todos. Ele era contratado da Record há muitos anos e chegou a esnobar os convites de Silvio Santos para o SBT.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, Ratinho bateu o telefone na cara do atual patrão nada menos que cinco vezes. Na ocasião, ele havia discutido com o superintendente da Record, bispo Honorilton Gonçalves, que o advertiu nos bastidores.

Ele contou que uma reportagem veiculada no seu programa causou mal estar e o seu salário foi cortado. “Eu cheguei da CNT pra lá ganhando R$ 60 mil. Nunca pedi nada. Depois passou um mês subiram para R$ 70, depois R$ 80 mil, R$ 150 mil até R$ 300 mil e, repito, sem eu dizer nada”.

“Eles aumentavam por qualquer motivo: porque tinha dado ibope, porque tinha dado repercussão, porque tinham lucrado muito com o 0900, que naquela época era permitido. Aí vem o bispo e diz que eu ganhava demais e isso tinha que acabar. Eu só olhei pra ele e disse apenas: Se liga”, completa.

Foi aí que, no dia seguinte, seu telefone começou a tocar e sua atitude de desligar se repetiu por cinco vezes: “Quando eu atendia alguém do outro lado da linha dizia que era Silvio Santos querendo falar comigo. Eu nem pensei duas vezes, era trote e bati o telefone na cada dele, conta”.

“Aquilo continuou, duas, três, quatro, cinco vezes…. Na sexta ligou uma secretária do SBT dizendo que estava com o Silvio na linha… Aí eu fiquei pálido”, explicou ele. “Na segunda eu voltei pra Record e fui até a sala do Honorilton Ó, tô caindo foram tô indo embora para o SBT”, disparou.

“Ele ficou de boca aberta e confrontou: “Mas sua multa é altíssima”, explicou Ratinho, que respondeu o seguinte: “Aqui tá escrito que o Silvio assume o pagamento”. Desde então, há vinte anos, Ratinho trabalha no SBT e recusa os convites da Record de levá-lo de volta.

“A gente dobra de novo. Triplica! (o salário). Mas eu nunca mais voltei”, disparou.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba