Otros

Clientes de mercado ficam na mira de 4 bandidos durante assalto na fronteira

De acordo com fontes policiais consultadas pela reportagem a ação teria envolvido de 5 até 7 suspeitos

Adriano Fernandes
Câmeras flagraram o assalto ao estabelecimento. (Foto: Reprodução)

Câmeras flagraram o assalto ao estabelecimento. (Foto: Reprodução)

Funcionários e clientes do Supermercado Nippon, no Centro de Ponta Porã – cidade a 323 quilômetros de Campo Grande -, passaram por momentos de terror, nesta sexta-feira (22) durante um assalto ao estabelecimento.

As vítimas foram mantidas na mira de revólveres, enquanto quatro assaltantes pegavam o dinheiro do estabelecimento e de clientes do local. O supermercado fica na Avenida Brasil, que separa a cidade e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. 

Toda a ação foi flagrada por câmeras de segurança. Pelas imagens é possível notar o momento em que dois dos suspeitos, abordam o operador de caixa, enquanto os outros bandidos vão de encontro aos clientes.

O supermercado fica na Avenida Brasil, que separa a cidade e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. (Foto: Porã News)

O supermercado fica na Avenida Brasil, que separa a cidade e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. (Foto: Porã News)

Na entrada do estabelecimento, um deles recolhe todo o dinheiro do caixa ao mesmo tempo em que o comparsa ameaça a vítima com a arma. Há correria e ao tentar sair da loja, uma criança tropeça e cai de frente a um dos bandidos armados.

Ele ainda vira o revólver na direção da menina que é levantada por um homem e uma funcionária. Enquanto isso os outros bandidos retornam do interior do estabelecimento, carregando sacolas. Toda a ação durou cerca de 40 segundos, como é possível notar no vídeo abaixo. 

Até o momento a Polícia Civil da cidade, ainda não sabe precisar quanto em dinheiro foi levado do supermercado, mas a imprensa local, estima entre R$ 3 mil a R$ 5 mil. Após o crime os criminosos teriam fugido em 2 motos paraguaias que estavam sem placas, conforme o Jornal de Ponta.

Dois delegados da Polícia Civil foram ao supermercado verificar as imagens das câmeras de segurança. De acordo com fontes policiais consultadas pela reportagem a ação teria envolvido de 5 até 7 suspeitos.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba