Otros

Apreensões de cocaína por federais dobram em Mato Grosso do Sul

Relatório divulgado pela Polícia Federal revela que as apreensões de cocaína feitas pela corporação e pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) dobraram em Mato Grosso do Sul. Até o dia 31 de agosto, foram 5,58 toneladas. Em igual período do ano passado, o volume foi de 2,74 toneladas.

Os dados da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado referem-se à “contabilidade de toda a droga apreendida até o fim de agosto deste ano no Estado do Mato Grosso do Sul, em seus procedimentos cartorários”.

“O total de cocaína apreendida já soma mais do que o dobro no mesmo período do ano passado. No entanto, mantendo dinâmica do mês anterior, as apreensões de maconha deste ano ainda não chegaram às quantidades de 2018. Foram apreendidas 5,58 toneladas de cocaína e 45,44 toneladas de maconha nos oito primeiros meses deste ano. Já em 2018, no mesmo período, foram contabilizadas 2,74 toneladas de cocaína e 59,30 toneladas de maconha”, detalha a PF.

Segundo a corporação, ocorrências da PF e da PRF culminaram, durante todo o ano passado, na apreensão de 4,13 toneladas de cocaína e 84,63 toneladas de maconha. Em 2017, os volumes chegaram a 3,12 toneladas e 162,75 toneladas, respectivamente.

Antes, em 2016, os federais em Mato Grosso do Sul tiraram de circulação 3,72 toneladas de cocaína e 83,45 toneladas de maconha. No ano anterior, 2015, foram 4,47 toneladas e 71,57 toneladas.

Más popular

Hasta arriba