Otros

Ação contra tio de Pavão apreendeu armas, dinheiro e carros blindados

Operação realizada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (7) em Ponta Porã, cidade distante a 323 quilômetros de Campo Grande, terminou com 12 pessoas presas, além de armas, celulares, carros blindados e US$ 54 mil dólares apreendidos. A investigação mirava o empresário Chico Gimenez,  ex-candidato a prefeito da cidade e tio do narcotraficante Jarvis Pavão.

Conforme a PF, a investigação teve início após uma denúncia informando que haveria uma reunião na casa de Chico com membros de uma organização criminosa. Os policias cercaram a casa do tio do narcotraficante e abordaram três homens quando estavam deixando o local. Todos eles estavam armados.

Em seguida, a PF determinou que todos os outros membros da quadrilha saíssem o imóvel. Ao todo, 12 pessoas foram presas, entre elas três mulheres e dois homens de nacionalidade paraguaia, identificados como Riki Javier González Báez e Rosalino Báez.

Durante buscas na residência, os policiais encontraram seis pistolas Glock de uso restrito, um revólver calibre 38, 16 carregadores de pistola, 400 munições de diversos calibres, 27 celulares, oito carros, sendo quatro deles blindados, além de US$ 54.700 dólares em dinheiro.

Os detidos na operação responderão por tráfico internacional de armas, receptação, obstrução à Justiça e organização criminosa.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba