Brasil

Vídeo: Bolsonaro denuncia esquerda por promover terrorismo em seu nome

Desde a eleição do dia 7 de outubro, que colocou Jair Bolsonaro no segundo turno com Fernando Haddad, começou nas redes sociais uma onda de “denúncias” e “agressões” supostamente cometidas por eleitores de Bolsonaro.

O caso mais famoso foi o da jovem que alegava ter sido vítima de violência. Eleitores de Bolsonaro teriam marcado sua pele com a forma de uma suástica. Como ela não conseguiria provar a acusação, já que se tratava de uma mentira, voltou atrás e não quis representar criminalmente. Caso fizesse isso, estaria cometendo ela mesma um crime de denunciação caluniosa.

Em entrevista, Bolsonaro se pronunciou sobre o caso. Disse que pessoas da esquerda estão usando camisetas com sua imagem para cometer agressões e afirmou que preza por um clima de pacificação e diálogo, sendo esse o direcionamento que tem dado para seus eleitores, mesmo que seja impossível controlar os atos de todos que votaram nele.

Assista:

Comentarios

Más popular

Hasta arriba