Policial

Mulher é assassinada pelo marido em Maracaju

Vanusa Garcia Araújo de 43 anos foi assassinada pelo marido, Ginaldo de Almeida, de 47 anos, em Maracaju, na madrugada deste sábado (26). Após cometer o feminicídio, o homem procurou a mãe e contou sobre o crime.

Conforme noticiado pelo MídiaMax, por volta das 5 horas deste sábado, Corpo de Bombeiros foi acionado para ir até a residência localizada na Rua Eulália Romeiro Shirata, no Bairro Paraguai, onde a vítima foi encontrada. No local, os militares constataram que Vanusa tinha sido vítima de esganadura e acionaram Polícia Militar e Polícia Civil.

O local foi isolado e testemunhas contaram que ouviram a vítima e o marido discutindo durante a madrugada, por volta da 1 hora, mas não teriam chamado a polícia. A briga terminou aproximadamente 15 minutos depois. Suspeitando do marido da vítima, a polícia iniciou buscas.

Ainda segundo o site, já por volta das 9 horas, conforme o site Maracaju Speed, Ginaldo foi localizado e detido na casa da irmã. Ele confessou o crime e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Ginaldo contou que estava em casa sozinho quando a esposa chegou, por volta da 1 hora, e os dois começaram a discutir.

O casal teria entrado em luta corporal, quando Ginaldo a esganou. Ele disse que não sabia que tinha matado a vítima, porém no boletim de ocorrência consta a informação de que o suspeito ligou para a mãe contando que estava brigando com a esposa por volta da 1h30 e desligou o telefone.

A mãe foi até a residência, mas a porta estava trancada, então foi embora. Já por volta das 4h30 o homem foi até a casa da mãe e contou que tinha brigado e matado a vítima. A mulher mandou o filho ir embora da casa e ele chegou a ficar foragido por algumas horas. Ele responderá pelo feminicídio. DOURADOS NEWS

Más popular

Hasta arriba