Policial

Marido ameaça sair de casa e acaba apanhando de esposa

Ele reclamava que, enquanto trabalhava, a esposa bebia cachaça a semana toda.

Uma briga familiar na madrugada desse domingo (1º) acabou na delegacia depois de um marido ameaçar sair de casa com a justificativa de que, enquanto ele trabalhava, a esposa só bebia cachaça a semana toda. Ela não aceitou a tentativa de término e bateu no marido.

O caso foi registrado no Bairro Jardim Maria Vetorazzo, em Rondonópolis (214 km de Cuiabá), por volta das 01h45.

A Polícia Militar foi acionada via CIOSP e, ao chegar no local, encontrou o marido, de 28 anos, junto à esposa, de 23 anos, o padrasto dele, de 24 anos, e a mãe, de 51 anos.

O marido disse aos policiais que estava junto a toda família ingerindo bebida alcoólica em casa, quando disse à esposa que iria sair de casa, “pois teria passado a semana toda fora de casa trabalhando e sua esposa teria ficado na cidade, bebendo cachaça”, consta no boletim de ocorrência.

Não aceitando o término, a mulher disse ao marido que ele não iria sair de casa e passou a agredi-lo com vários socos. A mãe do jovem resolveu intervir, na intenção de proteger o filho e foi atingida por um soco na boca, caindo no chão.

O marido da segunda vítima tentou segurar a suspeita, que estava bastante exaltada. Em meio à confusão, a agressora teria se cortado com pedaços de um espelho quebrado. Ela acusa o marido da sogra de ter lhe causado a lesão, mas ele nega.

A primeira vítima, esposo da acusada, também afirma que ela teria se cortado sozinha. Como a família não chegava a uma conclusão, não se acalmava e não parava com as agressões verbais, os policiais resolveram levar tanto a acusada, quanto o padrasto da vítima, para a delegacia.

Depois, o marido também foi à delegacia registrar a ocorrência.

Comentarios

Más popular

Arriba