Policial

Mais de meia tonelada de maconha e skunk é apreendida em Uberlândia

Material estava em um carro roubado na MG-497 e foi localizado durante uma ação da Força Tarefa de Combate ao Crime Organizado.

Força Tarefa de Combate ao Crime Organizado (Ficco) apreendeu cerca de 700 Kg de maconha e skunk dentro de um carro na MG-497 em Uberlândia nesta terça-feira (17).

Segundo as primeiras informações do delegado-chefe da Polícia Federal (PF), Carlos Henrique Cotta D’Ângelo, uma pessoa do sexo masculino, de idade ainda não informada, foi presa com o material e será encaminhado para o Presídio Professor Jacy de Assis.

“Para chegar na apreensão desta terça foi feita uma investigação de cerca de quatro meses. Acreditamos que seja só uma parte da droga que seria distribuída em Uberlândia e em toda região. Por isso continuamos em diligências para prender mais pessoas e descobrir para onde esse material seria levado”, disse o delegado.

O carro onde foi encontrada as drogas é roubado, estava com placas adulteradas e foi apreendido.

Droga estava em veículo em rodovia de Uberlândia (Foto: Ficco/Divulgação) Droga estava em veículo em rodovia de Uberlândia (Foto: Ficco/Divulgação)
Droga estava em veículo em rodovia de Uberlândia (Foto: Ficco/Divulgação)
Skunk
Resultado de alterações genéticas, o skunk é uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha, chegando a ser considerada como uma “super maconha”. Ela tem os efeitos potencializados, causando palidez, excitação, risos, depressão ou sonolência, aumento de apetite por doces, olhos avermelhados, dilatação das pupilas e alucinações.

Os efeitos do skunk podem ser cerca de sete vezes mais fortes do que os da maconha comum. Esses estímulos são tão intensos que podem causar danos irreversíveis no cérebro. G-1

Comentarios

Más popular

Hasta arriba