Brasil

Partido ligado à Assembleia de Deus declara apoio a Bolsonaro

PSC afirmou que as propostas do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) estão alinhadas com as ideias do partido, liberais na economia e conservadoras nos costumes.
O Partido Social Cristão (PSC), ligado à Assembleia de Deus, maior igreja evangélica do País, declarou oficialmente nesta quinta-feira (11) apoio a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da eleição contra Fernando Haddad (PT).

Em comunicado oficial, a direção do partido disse:

O PSC, um partido que defende bandeiras liberais na economia e conservadoras nos costumes, tem certeza de que as propostas do candidato do PSL são as melhores para o Brasil.

A decisão do PSC se deu por unanimidade, segundo nota divulgada pelo partido.

O PSC disputa duas eleições de governo estadual no segundo turno. No Rio de Janeiro, o ex-juiz Wilson Witzel, que explora a popularidade de Bolsonaro na campanha, enfrenta o ex-prefeito da capital Eduardo Paes (DEM), cujo partido é majoritariamente pró-Bolsonaro, embora tenha liberado seus filiados.

No Amazonas, Wilson Lima concorre contra o atual governador, Amazonino Mendes (PDT), que também já declarou apoio a Bolsonaro.

Fonte: Renova Mídia

Comentarios

Más popular

Hasta arriba