Brasil

Médico ativista pró-Bolsonaro é executado em Goiás

Um jovem médico de 28 anos idade foi executado de forma covarde em Goiás. De acordo com as primeiras informações, Gabriel Costa Lima foi encontrado morto durante a madrugada de sábado, dia 13, na cachoeira na Chapada dos Veadeiros.

Gabriel Costa era ativista pró-Bolsonaro. A identificação do corpo foi feita por meio digital e também por documento expedido em Tocantins, encontrado junto a vítima. Ele era tenente e atuava como médico-residente na Escola de Saúde do Exército.

O médico foi alvejado nas costas, costela, nuca e rosto. Provavelmente, os disparos foram efetuados, muito provavelmente, por uma pistola de calibre 32. A polícia investiga se há conotação política no crime, já que o jovem era defensor da candidatura do presidenciável Jair Messias Bolsonaro nas redes sociais.

Fonte: TerçaLivre

Bolsonaro

Haddad

Mais sobre Haddad:
(EP. 1) Haddad – O Monopólio
(EP. 2) Haddad – O Monopólio
Documentário

Comentarios

Más popular

Hasta arriba