Fronteira

«Já fritei hambúrguer nos EUA», diz Eduardo sobre indicação

Jair Bolsonaro quer indicar filho à embaixada em Washington

O deputado federal Eduardo Bolsonaro defendeu hoje (12) sua própria indicação ao posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, proposta pelo seu pai, o presidente Jair Bolsonaro.

«Sou presidente da Comissão de Relações Exteriores (da Câmara), já fiz intercâmbio, já fritei hambúrguer lá nos Estados Unidos», disse Eduardo. «Não sou um filho que está do nada vindo a ser alçado a essa condição. Tenho vivência pelo mundo», alegou.

Publicidade

«No frio do Colorado, numa montanha lá, aprimorei meu inglês. Vi como é o trato receptivo do norte-americano com os brasileiros», completou o deputado. Eduardo Bolsonaro tinha uma reunião agendada para hoje na sede do Itamaraty com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Desde a posse de seu pai, em janeiro, o deputado tem sido protagonista em compromissos internacionais, o que até lhe rendeu o apelido de «chanceler informal» do Brasil, além de algumas críticas. Bolsonaro propôs ontem (11), durante sua tradicional transmissão ao vivo via Facebook, o nome de seu filho para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, o posto mais cobiçado na diplomacia.

A ideia, porém, foi criticada por especialistas, já que a carreira de diplomata no Brasil é altamente concorrida e especializada, com formação no mundialmente renomado Instituto Rio Branco. Além disso, juristas analisam se a indicação se enquadraria em um tipo de nepotismo. A indicação tem sido vista, ainda, como «um presente de aniversário» do pai para o próprio filho, que completou 35 anos em 10 de julho, atingindo a idade mínima para se tornar embaixador do Brasil.

«O que nós queremos no fundo? Que nossos filhos sejam melhores do que nós», disse Bolsonaro, defendendo a indicação de Eduardo, quem, de acordo com o presidente, teria «tratamento diferenciado» por ser filho do chefe de Estado.

«O garoto fala inglês, fala espanhol, tem uma vivência no mundo todo, é amigo da família do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e existe essa possibilidade [de ser indicado]», completou o presidente, ressaltando que o deputado «não é aventureiro» e «acabou de casar, inclusive».

Por fim, o presidente contou que não está preocupado com as críticas e que «o caminho do fracasso é tentar agradar a todo mundo». TERRA

Comentarios

Más popular

Hasta arriba