Fronteira

Economistas veem dólar acima de R$3,50 este ano e Selic a 6,5% esta semana

(Texto atualizado com mais informações)
SÃO PAULO, 18 Jun (Reuters) – Economistas de instituições financeiras
passaram a ver o dólar acima de 3,50 reais no final deste ano, ao mesmo tempo em
que a projeção para a expansão da economia brasileira foi ainda mais abaixo de 2
por cento e a expectativa para a taxa básica de juros permanece sendo de
manutenção nesta semana.
A pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira mostrou que,
diante da recente pressão vista no mercado de câmbio e que levou o dólar ao
patamar de 3,80 reais durante a semana passada, o mercado passou a ver a moeda
norte-americana a 3,63 reais no final de 2018, de 3,50 anteriormente. Para 2019,
a projeção também subiu, a 3,60 reais, de 3,50 reais.
Esse cenário, entretanto, não foi suficiente para alterar a visão de que a
taxa básica de juros Selic será mantida nos atuais 6,50 por cento na reunião
desta semana do Comitê de Política Monetária (Copom), como apontado em pesquisa
da Reuters.
Também permanece a expectativa de que a Selic terminará 2018 a 6,50 por
cento e 2019, a 8 por cento, mesmo cenário do Top-5, grupo dos que mais acertam
as previsões.
Para a economia, os economistas veem agora expansão do Produto Interno Bruto
(PIB) em 2018 de 1,76 por cento na mediana das projeções, de 1,94 por cento
antes. Para o ano que vem, a conta caiu em 0,10 ponto percentual, a 2,70 por
cento.
As contas vêm sendo reduzidas na esteira da greve dos caminhoneiros que
afetou o abastecimento em todo o país no final de maio. Na semana passada, o
Ministério da Fazenda calculou que os impactos diretos do movimento na economia
somaram 15 bilhões de reais.
Os cálculos para a inflação voltaram a subir. A alta do IPCA foi calculada
agora em 3,88 por cento em 2018 e em 4,10 por cento em 2019, respectivamente
0,06 e 0,03 ponto percentual a mais do que na semana anterior.


(“A crise consiste no fato de que o velho está morrendo e o novo ainda não pode nascer”)
www.capitanbado.com
Anuncie. 06 MESES E PAGUE 04.
MSG AO +595 984 202944

Veja abaixo as principais projeções do mercado para a economia brasileira,
de acordo com a pesquisa semanal do Banco Central com cerca de 100 instituições
financeiras.
Mediana das expectativas do mercado
2018 2019
Há 1 Hoje Há 1 Hoje
semana semana
IPCA (%) 3,82 3,88 4,07 4,10
IGP-DI (%) 6,86 7,18 4,41 4,45
IGP-M (%) 6,91 7,04 4,46 4,47
IPC-Fipe (%) 2,67 2,69 4,09 4,09
Taxa de câmbio – fim
de período (R$) 3,50 3,63 3,50 3,60
Taxa de câmbio –
média (R$) 3,53 3,57 3,48 3,50
Selic – fim de
período (%) 6,50 6,50 8,00 8,00
Selic – média (%) 6,53 6,53 7,18 7,25
Dívida líquida/PIB (%) 55,00 55,00 57,05 57,15
PIB (%) 1,94 1,76 2,80 2,70
Produção industrial (%) 3,51 3,50 3,20 3,20
Conta corrente (US$) -21,15 -20,60 -36,50 -36,50
Balança comercial (US$) 57,15 58,34 49,60 49,80
IDP (US$) 71,00 70,00 77,00 76,60
Preços administrados (%) 6,00 6,16 4,50 4,50
Mediana – Top 5
2018 2019
Há 1 Hoje Há 1 Hoje
semana semana
Curto prazo
IPCA (%) 3,96 3,96 4,10 4,10
IGP-DI (%) 7,09 7,96 4,50 4,50
IGP-M (%) 7,00 7,00 4,33 4,33
Taxa de câmbio – fim
de período (R$) 3,45 3,60 3,50 3,55
Selic – fim de
período (%) 6,50 6,50 7,88 8,00
— — — — —
Médio prazo
IPCA (%) 3,63 3,83 4,00 4,00
IGP-DI (%) 7,21 7,50 4,60 4,60
IGP-M (%) 7,04 7,17 4,00 4,00
Taxa de câmbio – fim
de período (R$) 3,47 3,50 3,55 3,63
Selic – fim de
período (%) 6,50 6,50 8,00 8,00

MetaTrader 300×250
(Por Camila Moreira; Edição de Claudia Violante)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters Messaging:
[email protected]))

Comentarios

Más popular

Arriba