Economia

Otimismo com eleições faz dólar operar abaixo de R$ 4

A moeda norte-americana caía 0,94%, cotada a R$ 3,988 para venda, depois de chegar à mínima de R$ 3,973. O mercado financeiro está confiante em relação a uma possível eleição do candidato do PSL, Jair Bolsonaro

Por Agência Safras

Depois de subir a R$ 4,05 na abertura dos negócios corrigindo a forte queda desta quarta-feira, dia 27, o dólar comercial voltou a cair, buscando o nível de R$ 4,00 com o mercado doméstico otimista em relação a uma possível eleição do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, mesmo com as pesquisas eleitorais recentes revelando que a possibilidade de o ex-deputado perder o segundo turno para Fernando Haddad (PT) não está totalmente descartada.

“Apesar de algumas pesquisas colocarem o Haddad à frente do Bolsonaro no segundo turno, o mercado está muito otimista com a possibilidade de o ex-deputado ser eleito e estão comprando risco, atraindo também o investidor estrangeiro”, diz o analista da Toro Investimentos Igor Caixeta.

Já o diretor da Correparti, Ricardo Gomes, destaca que o viés de correção na abertura dos negócios, quando a divisa estrangeira chegou à máxima de R$ 4,0560 (+0,74%). “O ambiente é positivo com investidores voltando a comprar risco, o que ficou evidente nesta quarta-feira com o risco país fechando no menor nível em mais de um mês, a 259 pontos”, completa Ricardo.

Às 12h04 (de Brasília), a moeda norte-americana caía 0,94%, cotada a R$ 3,988 para venda, depois de chegar à mínima de R$ 3,973.

Comentarios

Más popular

Hasta arriba