Por que pode ser bom que o envelhecimento seja visto como uma doença