Atiradores fingiram ser policiais para entrarem casa e matarem Chicharô na fronteira