ARAL MOREIRA. COM 10 BALAÇOS CONSTRUDOR FOI MORTO NA FRONTEIRA