Policiales

PEDRO JUAN CABALLERO:HOMEM EXECUTADO A TIROS NA FRONTERA.ATUALIZADO.

Foragido da pela justiça paraguaia por um caso de homicídio e executado a tiros em meio a milharal próximo a MS 164 na cidade de Ponta Porã.O mesmo foi identificado como o paraguaio, Juan Antônio Aquino (34) foragido da justiça paraguaia por caso de homicídio, que na tarde de sexta feira (06) foi sequestrado por seis indivíduos que se encontravam a bordo de uma camionete tipo Toyota Hilux de sua residência situada no bairro São Carlos da cidade Paraguai de Pedro Juan Caballero e encontrado executado com mais de 15 tiros de pistola com signos de que foi brutalmente torturado e encontrado sem vida na manha de sábado (07) por volta das 10:30hs, em um milharal situado nas proximidades da MS 164 em Ponta Porã, onde foi abandonado enrolado em uma lona, com as mãos algemados e com a boca fechada por um cinto.Após o sequestro a família denunciou o caso a Policia Nacional do Paraguai que realizava buscas a fim de encontrar a vitima na tarde de sexta feira não obtendo êxito nas buscas, quando na manha de sábado populares alertaram os agentes da Policia Militar que chegaram ao local, onde constataram ao fato de que o corpo de uma pessoa do sexo masculino havia sido jogado sem vida no local.Os PMs isolaram a área ate a chegada da Policia Técnica que realizou os trabalhos de praxe e posteriormente transferiu o corpo ao IML a fim de que algum familiar o identifique, já que com a vitima não existia nenhum documento que o identifique, posteriormente familiares compareceram ao IML onde identificaram o corpo do procurado da justiça paraguaia.O violento crime poderia ser um ajuste de contas realizada pelo crime organizado que atua na região de fronteira, Agentes do SIATO em um trabalho conjunto com agentes da Policia Nacional do Paraguai investigarão o caso.

177000fe-3f65-496f-9d20-9fc79912861b

176470cb-2514-4170-8e8e-41ea463fc9b7
20160507095112

20160507095015

20160507095015 (2)

20160507095015 (1)

20160507095008

20160507094955

ALIANZA GARANTIA SEGUROS.
PUBLICIDADE:
ag

Comentarios

Más popular

Arriba