Internacionales

TRAFICANTES SAIU DE CAPITAN BADO E CAIU NO RIO EM AMAMBAI/MS

PM prende douradense com 312 quilos de droga em Amambai
Indagado pelos policiais, o douradense teria relatado que havia pegado o carro já com a droga, em um posto de combustível na cidade paraguaia de Capitan Bado, que faz divisa com Coronel Sapucaia do lado brasileiro da fronteira e receberia R$ 6,5 mil para levar o veículo com a droga, um total de 312 quilos de maconha, até a cidade de Dourados.
CERVEJA RIO.
PUBLICIDADE.

Ao tentar fugir dos policiais, motorista acabou derrubando o Fiat Strada no Córrego Areão.

Felipe da Silva Santos, de 21 anos, morador no Jardim Piratininga, em Dourados, foi preso pela Polícia Militar no início manhã dessa terça-feira, 9 de maio, em Amambai, acusado de tráfico de drogas.


De acordo com a Polícia Militar o douradense se deslocava pela Rodovia MS-289 sentido Coronel Sapucaia a Amambai conduzindo um pick-up Fiat Strada cor branca, placas de Sinop-MT, e ao avistar uma barreira montada pela PM na entrada da cidade, em Amambai, teria apagado as luzes do veículo e tentado efetuar uma manobra para retornar.

Acontece que o indivíduo não teria percebido que estava sobre um aterro e ao manobrar o veículo, acabou caindo com o Fiat Strada dentro do Córrego Areão, um afluente do Rio Panduí.
PUBLICIDADE.

Quando os policiais chegaram no local, Felipe ainda estava saindo de dentro do carro que ficou com as rodas para cima no leito do riacho.

Indagado pelos policiais, o douradense teria relatado que havia pegado o carro já com a droga, em um posto de combustível na cidade paraguaia de Capitan Bado, que faz divisa com Coronel Sapucaia do lado brasileiro da fronteira e receberia R$ 6,5 mil para levar o veículo com a droga, um total de 312 quilos de maconha, até a cidade de Dourados.

O entorpecente em tabletes estava em fundos falsos, os chamados “mocós” no assoalho e nas laterais da carroceria do pick-up, que segundo a policia era roubado e também estava com a numeração do chassi adulterada.

Segundo a PM, no porta-luvas do veículo também foi encontrado um rádio comunicador em frequência FM, o que pode indicar que o traficante preso poderia estar mantendo contato com um possível batedor de estrada. A polícia continua trabalhando no caso.

Fonte: A Gazeta News
PUBLICIDADE:

Comentarios

Más popular

Arriba