Internacionales

POPULAÇÃO DE PONTA PORA A MERCÊ DOS DELINQUENTES E AUTORIDADES SEGUEM DE BRAÇOS CRUZADOS

Assaltantes fazem arrastão em Ponta Porã e autoridades ficam de braços cruzados na região de fronteira.

A sexta feira (05) pode ficar marcada como o dia em que os assaltantes fizeram a festa na cidade de Ponta Porã, onde em menos de 12 horas realizaram roubos e furtos e um acabou em tentativa de homicídio, quando um jovem identificado como, P.G.R. (27) que transitava a bordo de uma motocicleta, ao ser abordado pelos assaltantes tentou fugir e acabou baleado, o mesmo foi auxiliado ao Hospital regional da cidade em estado grave.

Ponta Porã tem sido marcada pela violência, onde os assaltantes fazem passar as suas vitimas por momentos de terror além de causar perdas milionária aos comerciantes, muitas nem passam pela delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência, devido a falta de tempo e por entender que e uma perda de tempo já que os seus bens dificilmente terminam sendo recuperados, pois na maioria dos casos as motocicletas instantes após ser roubada viram peças vendidas em oficinas na região de fronteira, onde em muitos casos são trocadas por porções de drogas, nas “Bocas de Fumos” que tem aumentado de forma alarmante na cidade.

Já o prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB), que começa e enfrentar possível nepotismo em sua administração, junto com o deputado estadual Flavio Kayatt (PSDB), acreditam em estatísticas levadas aos mesmos pelo atual comandante, Waldomiro Centurião Machado, da Policia Militar de Ponta Porã, que se aferra ao cargo com o apoio dos mesmos, que supostamente representam a população de Ponta Porã, que pede socorro e desesperadamente espera por um comandante da Policia Militar com projetos e conhecimento na área da segurança publica.
P.news

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE.

Comentarios

Más popular

Arriba