Internacionales

Policiais deixam evento de 30 anos do DOF para atender ataque a carro forte

Policiais deixam evento de 30 anos do DOF para atender ataque a carro forte

Ainda não há detalhes do crime

Geisy Garnes e Nicanor Coelho, de Dourados

Cerca de 30 policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) deixaram a solenidade de 30 anos da corporação para atender uma ocorrência envolvendo o ataque a um carro forte na manhã desta terça-feira (6) em Amambai, a 352 quilômetros de Campo Grande. Ainda não há detalhes sobre o crime, mas o carro teria sido sequestrado.

As comemorações do 30º aniversário do DOF aconteciam no auditório da Unigran, em Dourados e no momento me que o governador Reinaldo Azambuja iniciou o discurso de homenagem a corporação, as equipes foram acionadas para auxiliar na ocorrência do roubo. Seis viaturas e cerca de 30 policiais deixaram o evento e se deslocaram para Amambai.

Segundo informações preliminares, o sequestro ao carro forte teria acontecido do lado brasileiro da fronteira. As equipes de organizaram em frente a faculdade e de lá seguiram viagem. Não há detalhes de como o crime aconteceu e os militares não passaram informações da ação.

Durante as comemorações, 30 personalidades civis e militares que contribuíram para o aperfeiçoamento e projeção da instituição foram homenageados com a comenda Águia da Fronteira.

A medalha foi criada pelo Decreto Estadual nº. 10.781, de 17 de maio de 2002 para ser outorgada a àqueles que prestaram relevantes serviços ao DOF e policiais que se destacaram pelo seu valor pessoal e que contribuíram, decisivamente, para o aperfeiçoamento e projeção do Departamento.

Entre os agraciados estão a prefeita de Dourados, Délia Razuk, o comandante-geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta, o subcomandante-geral da PM, coronel Valdecir Escalhar, e o reitor da UEMS, professor Fábio Edir dos Santos Costa. (Foto: Nicanor Coelho)
Midiamax

Comentarios

Más popular

Arriba