Frontera

Perfil econômico de Dourados não permite reclamar de crise, diz economista

O perfil econômico de Dourados baseado no trinômio agropecuária, indústria e serviços não permite que se reclame de crise no segundo mais populoso município de Mato Grosso do Sul. A afirmação é do economista Carlos Alberto Vitoratti, que trabalha com consultor de negócios para várias empresas da região.
PUBLICIDADE,.

Vitoratti elenca quatro tipos de cidades do ponto de vista econômico. Um grupo de cidades essencialmente industrial e estão passando por um momento de refluxo. Outro tipo de cidade tem sua economia baseada parte na indústria parte no comercio e outra na indústria. O terceiro grupo concentra a prestação e serviços e por último o grupo das cidades que são centros financeiros.

PUBLICIDADE.

Dourados, na avaliação do economista, concentra em sua economia três aspectos importantes. “Temos uma agricultura e pecuária fortes; uma indústria que cresce e uma infinita gama de serviços prestados para uma população regional de quase um milhão de habitantes”, explicou Vitoratti.

O economista afirma que uma cidade como Dourados com quatro universidades e mais de vinte mil alunos e grande prestadora de serviços na área de saúde não pode reclamar de crise. “Agora com a construção das duas indústrias da Coamo temos a clara demonstração que este setor está crescendo”, disse Vitoratti que acredita na possibilidade de Dourados chegar ao patamar de cidades como Maringá e Londrina.

“É recomendável que o poder público aja tal como a iniciativa privada, corte custos, elimine funcionários desnecessários e gaste sem extrapolar a capacidade de pagamento”, disse Vitoratti ao lembrar que desde 2000, quando iniciou a administração do ex-prefeito Laerte Tetila que a Prefeitura de Dourados vem inchando a folha de pagamento. Segundo ele os prefeitos seguintes fizeram o mesmo que Tetila “É preciso parar de falar em crise, pois temo uma cidade que oferece todo o seu potencial econômico e uma população que tem vocação para o empreendedorismo”, finalizou.MIDIAMAX

PUBLICIDAD:

Comentarios

Más popular

Arriba