Frontera

Ypejhu comemora os 203 anos de independência do Paraguai

Com safras recorde estimada em 8,4 milhões de toneladas de grãos, 10% acima da anterior, breve deve se tornar o quarto exportador mundial de carne.
Ypejhu-comemora-os-203-anos-de-independência-do-Paraguai
O ritmo em que o Paraguai comemora 203 anos de independência ( no último dia 14 de maio), é de crescimento de 15,3%, o segundo maior do mundo. O efeito de exportações, investimentos e construções salta aos olhos de quem visita o país e fortalece a economia mais frágil da região, conforme mostram os números econômicos do país.

Com safras recorde estimada em 8,4 milhões de toneladas de grãos, 10% acima da anterior, breve deve se tornar o quarto exportador mundial de carne. A agropecuária responde pela maior geração de riqueza, mas nos últimos anos os investimentos se diversificaram para segmentos como construção, infraestrutura e indústria.

Para comemorar os 203 anos da independência, o Paraguai se vestiu de azul, branco e vermelho com o orgulho de ser o segundo país em crescimento do planeta, quarto maior exportador mundial de soja e oitavo maior provedor global de carne bovina.

“Não é o país do tráfico, do contrabando e do roubo de carros, é uma economia atraente para investidores de Estados Unidos, Brasil, Espanha e Grã-Bretanha” Comentou Vilmar Acosta Prefeito de Ypejhu, Paraguai, (conforme portaria do Ministério da Integração Nacional é considerada cidade gêmea de Paranhos no Brasil), que recepcionou uma grande multidão para também comemorar a festa da independência Paraguaia que aconteceu na Avenida 21 de Setembro no centro da cidade onde foi montado um grande palco para receber as autoridades que assistiram desfiles a apresentações culturais alusivas à data, entre as apresentações destacou a participação da banda municipal de Paranhos, que arrancou aplausos dos presentes com seu belíssimo desempenho.

Vilmar falou, na oportunidade dos festejos, que Ypejhu também acompanha esses avanços e fez um balanço das principais obras já realizadas só em 2013 e as que já se encontram licitadas.

No ano Passado, graças ao empenho e boa vontade política, o intendente construiu 14 salas de aulas em escolas na área urbana e rural, 01 posto de saúde na região Marqueti, 02 pontes de concretos nas estradas vicinais, uma rotatória (em fase de conclusão) na divisa Brasil/Paraguai, mais de 4 mil m² de “empedrados” (espécie de pavimento muito comumente usado na região) implantados nas principais rua e avenidas da cidade, reforma, modernização e ampliação da prefeitura, 02 reservatórios de águas com capacidade para 20 mil litros cada um, ampliação, manutenção e implementação de novas estradas vicinais nas áreas rurais e urbanas, assistência técnica e preparação de mais de 170 hectares de terras para agricultores da região que compreende 06 assentamentos rurais e 17 colônias Indígenas que são atendidas pela prefeitura municipal.

Uma das grandes obras esperadas não só por paraguaios, mas também por brasileiros é a pavimentação da rodovia que liga Ypejhú a Curuguaty, segundo Acosta, que foi recebido pelo Ministro do M. O. P. C. (Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai) na semana passada a obra já se encontra licitada e deve ser reiniciada dentro de alguns dias.

“Estamos fazendo e queremos fazer muito mais por nossa região, pois a nossa gente merece dignidade e oportunidades para que todos tenham mais qualidade de vida.” Concluiu o intendente.

De Paranhos, prestigiaram a festa o vice prefeito Donizete Aparecido Viaro, os vereadores Dinho, Hélio Acosta, Romaldo Zonatto e Osmar Cordeiro.

Fonte paranhosms.com

Comentarios

Más popular

Arriba