Otros

VIDEOS:Recusa de venda de remédio seria o motivo do homicídio

Recusa de venda de remédio seria o motivo do homicídio

As polícias de Cianorte estão em diligências pela região cianortense procurando por um homem de 29 anos de idade que atirou na própria mãe, matou um farmacêutico e fugiu numa motocicleta no final da tarde de hoje (12), no Jardim Atlântico. Segundo informações da Polícia Militar, o assassino teria ido até a Farmácia Atlântida de manhã comprar um medicamento controlado, mas estava sem receita médica. O farmacêutico teria se recusado a vender, conforme determina a legislação.

O homem voltou para casa e disse que iria matar o funcionário. A mãe teria tentado impedir o crime e foi baleada na cabeça. Em seguida o homem foi até a farmácia e cometeu o assassinato. O autor dos crimes teria surtado, já teria sido internado no Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) e foi preso em 2016 por roubo de uma bolsa de uma mulher. Esse foi o quarto assassinato do ano em Cianorte.

A vítima é Anderson Rodrigo Anibal, 29 anos, que estava trabalhando na Farmácia Atlântida quando foi morto com um tiro na cabeça. O criminoso é procurado por várias equipes policiais por toda a cidade para evitar novos crimes já que o assassino está armado e pode atirar em mais pessoas. O assassino usou uma espingarda de calibre .24 nos crimes. Ele tem cor de pele clara, cabelos escuros curtos e fugiu numa Honda CG 125 de cor vermelha.
A mãe estava internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa até o começo da noite. Ela passou por cirurgia na cabeça.

Comentarios

Más popular

Arriba